07 - 06 - 2017

Resenha Fragmentados


Fragmentados do escritor premiado Neal Shusterman é uma história futurística com muita ação, intrigas e dramas, que traz uma reflexão sobre o que é viver e o que é estar vivo.



Título: Fragmentados
Autor(a): Neal Shusterman
Editora: Novo Conceito
Ano de Edição: 2015
Páginas: 320
Nota: 5,0




Sinopse

 Em uma sociedade em que os jovens rejeitados são destinados a terem seus corpos reduzidos a pedaços, três fugitivos lutam contra o sistema que os fragmentaria. Unidos pelo acaso e pelo desespero, esses improváveis companheiros fazem uma alucinante viagem pelo país, conscientes de que suas vidas estão em jogo. Se conseguirem sobreviver até completarem 18 anos, estarão salvos.


 No entanto, quando cada parte de seus corpos desde as mãos até o coração é caçada por um mundo ensandecido, 18 anos parece muito, muito longe.O vencedor do Boston Globe-Horn Book Award, Neal Shusterman, desafia as ideias dos leitores sobre a vida: não apenas sobre onde ela começa e termina, mas sobre o que realmente significa estar vivo.




Minha Opinião

 Para começo de conversa devo informar que Fragmentados acaba de entrar na lista dos meus livros favoritos. O livro foi muito bem escrito à ideia inicial de jovens sendo fragmentados é bem interessante e Neal conseguiu transmitir muito bem isso.


 Á história passa em mundo futurístico, com novas leis, novos conceitos, mas com a mesma ignorância, egoísmo e ganancia de sempre e é a partir desse tipo de sociedade que os adolescentes Connor, Risa e Lev se encontram, em um momento crucial de suas que devido a uma casualidade do destino esses jovens de idades diferentes, classes sociais diferentes e personalidades diferentes se unem com o mesmo objetivo: sobreviver à fragmentação. A partir daí eles partem por uma grande jornada, onde aprendem mais do que sobreviver, eles aprendem o significado de estar vivo.


 A narrativa é contada em 3° pessoa o que facilita bem para o leitor entender como cada personagem pensa e sente e que cada ação desse personagem tem uma grande influência nos acontecimentos maiores da história, embora os personagens principais sejam Connor, Risa e Lev, o autor não focou só neles, ele também mostrou como são os outros que participam dessa trama toda. Achei bem legal no livro é que todos os personagens estão interligados, todos tem um pensamento próprio, personalidades distintas e todos lutam pelo direito de suas vidas.


 Enfim, o livro foi bem construído, conseguir vê e entender perfeitamente cada capitulo cada cena era como assistir a um filme, essa história prende muito o leitor e eu o aconselho para todas as idades mesmo que seja uma ficção infanto-juvenil vale muito a pena lê-lo.








Resenhas Relacionadas




Compartilhe:




Deixe o seu Comentario: