30 - 06 - 2017

Resenha Cuco


Cuco é o primeiro romance da escritora Julia Crouch, que conta a história de Rose uma típica dona de casa inglesa que após sua melhor amiga de infância ficar viúva a convida para passar um tempo na sua casa e a partir daí vê sua vidinha perfeita desabar.



Título: Cuco
Autor(a): Julia Crouch
Editora: Novo Conceito
Ano de Edição: 2012
Páginas: 464
Nota: 3,0




Sinopse

Polly é a mais antiga amiga de Rose. Então quando ela liga para dar a notícia que seu marido morreu, Rose não pensa duas vezes ao convidá-la para ficar em sua casa. Ela faria qualquer coisa pela amiga; sempre foi assim. Polly sempre foi singular uma das qualidades que Rose mais admirava nela e desde o momento em que ela e seus dois filhos chegaram na porta de Rose, fica óbvio que ela não é uma típica viúva. Mas quanto mais Polly fica na casa, mais Rose pensa o quanto a conhece. Ela não consegue parar de pensar, também, se sua presença tem algo a ver com o fato de Rose estar perdendo o controle de sua família e sua casa. Enquanto o mundo de Rose é meticulosamente destruído, uma coisa fica clara: tirar Polly da casa está cada vez mais difícil.




Minha Opinião

Cuco é um suspense bem interessante devorei rapidamente boa parte do livro que tem 460 páginas.


 A história é narrada na 3ª pessoa, mas só é relatado o lado da Rose, então só sabemos sobre como são os outros personagens e seus sentimentos através da Rose, o que aumenta mais o suspense. Os personagens foram bem construídos, bem distintos e todos tem sua importância na trama, a autora na minha opinião conseguiu dar um ar de mistério a todos os personagens como se estivessem sempre planejando ou escondendo algo, a protagonista por exemplo teve um passado conturbado, uma adolescência difícil e com certeza não foi flor que se cheira mas que conseguiu se redimir e sua melhor amiga Polly é uma típica vilã de filmes de suspense, mas para Rose é uma heroína. Enfim, Cuco é um bom livro, com um desfecho que me surpreendeu mas não me agradou muito, a autora deixou algumas lacunas vagas e eu ainda não decidi o que é mais esquisito Rose, Polly ou a amizade entre elas.








Resenhas Relacionadas




Compartilhe:




Deixe o seu Comentario: